quarta-feira, 11 de março de 2015

Principado de Mônaco - muito além de só luxo e glamour!

Localizado entre a França e a Itália, o Principado de Mônaco, foi ocupado por vários povos: dos lígures aos fenícios, dos gregos aos romanos até que no início do século 18 foi cedido como colônia à República de Gênova, que concedeu à família Grimaldi a soberania na região. 
Durante à Revolução Francesa foi anexado à França mas recuperou a sua soberania com o Tratato de Viena em 1860, porém  caso a família Grimaldi não continue a sua linhagem, o principado será absorvido pela França.... por enquanto tudo garantido com o nascimento dos gêmeos filhos do Príncipe Albert II  e da Princesa Charlene, mas no passado o Príncipe Louis II  foi obrigado a reconhecer a filha ilegítima Charlotte Louise Julliet Louvet, fruto do romance com uma cantora de cabaré, para salvar o trono.

Castelo Museu Grimaldi  - é aberto à visitação entre os meses de abril e outubro das 10 às 18h - Clique Aqui ! para mais informações.

A troca da guarda dos Carabineiros do Príncipe é um espetáculo à parte e acontece todos os dias às 11:55h.

Carlos Grimaldi, filho de Rainier I (primeiro soberano), é considerado o verdadeiro fundador do principado por ter atraído uma população estável para a região através da concessão de terras com isenção de impostos. Montecarlo - um dos 10, aliás, agora 11, bairros do principado, tem o seu nome. 
Os outros são: Mônaco-ville - onde está o castelo da família Grimaldi e o que mais gosto; Saint-Roman - Larvotto (a única praia com areia do principado) - Saint Michel (com seu jardim maravilhoso) La Condamine - La Colle - Les Révoires - Moneghetti (que compreende também a região Beausoleil) - Fontvieille e Le Portier (o mais novo).

Vista de Montecarlo com Mônaco Ville ao fundo

Quando se fala em Mônaco se pensa imediatamente em luxo e glamour... sim, Mônaco é tudo isso mesmo! O que vemos nas ruas é inacreditável:  Carrões por todo lado: Ferrari, Jaguar, Rolls Royce, Bentley, veleiros e iates luxuosos, mulheres lindas, produzidérrimas: bolsa é no mínimo Chanel, óculos maravilhosos, puro luxo sim, principalmente na região de Montecarlo, nos arredores do Cassino,  mas é também um território exuberante, debruçado nos rochedos sobre o azul do mar meditarrâneo (esse mar que eu AMOOO!), com jardins maravilhosos e paisagens de tirar o fôlego!
O famoso Cassino de Montecarlo - do mesmo arquiteto do Opéra de Paris: Charles Garnier é na verdade um complexo, com museu (o mais visitado do principado) aberto diariamente das 9 às 24h com visitas que duram de 35 a 40 minutos - e um teatro com temporada lírica!  Só para maiores de 18 anos, então dessa vez ficamos de fora ! Visite o site!

Café Paris - ao lado do Cassino - sempre animadíssimo! Aqui um "Coupe" de champagne custa €. 20,00.  Salut !


Nos arredores do Cassino, conhecido como "Circle d'or" (círculo de ouro), ficam também as grifes, joalherias, e antiquários,  mas desde o final de 2014 por conta da reforma de parte do Hotel de Paris, algumas lojas foram transferidas para pavilhões provisórios (até 2018) instalados no meio do "Jardin des Bouligrins". Achei que ficaram tão lindos que poderiam ser definitivos.  Amei "Les Pavillons" ! Já falei deles com mais detalhes Nesse Post!

 Coleção Primavera-verão na vitrine Dior!
Vai às compras, princesa?
 Os terraços do Cassino
Balaustrada em mármore


Os jardins são maravilhosos!
 O badaladíssimo Buddha-bar

Mônaco também é sede do mais charmoso Grand Prix de Fórluma 1, que é considerado o mais difícil por conta das ruas estreitas, curvas apertadas e mudanças de nível.  Lá o nosso Ayrton Senna era considerado rei - venceu 6 vezes ! 
Descendo uma escadinha ao lado do Cassino se chega na "curva do grande hotel", que é um dos pontos mais lentos de todos os circuitos de F1 - deve ser feita a 50 Km/h.
Seguindo na direção do porto chegamos ao túnel que  é um dos pontos mais velozes de todos os circuitos: aqui chegam a 260 Km/h !
 Os carrões estão por toda parte e de todas as cores... rs rs 


Eu nunca tinha visto um Bentley de pertinho assim, nesse final de semana vi vários... maravilhosos!
O que me chamou também a atenção foi a organização: Estacionamentos espalhados por todo o território, escadas rolantes e elevadores ligando a parte baixa à parte alta, jardins perfeitamente cuidados, ruas limpas, trânsito organizado... e o melhor: índice de criminalidade quase zeroooo !!!

 Iate Clube de Mônaco
Vejam que lindo o Iate Clube de Mônaco! Não parece um navio? 
 Não posso confirmar mas soube que ancorar o "barquinho" por aqui custa em torno de € 300 mil / ano !!!

O meu preferido foi esse bi-color !! Lindo!

Para chegar em Mônaco-Ville, a parte mais antiga da cidade, atravessamos o porto e subimos pelo Forte Antoine, um teatro com eventos de arte contemporânea. Veja aqui a programação! 

A vista é deslumbrante no caminho que vai do Forte Antoine até subirmos de escada rolante à parte alta e chegarmos ao Instituto Oceanógrafico de Mônaco  - Visite o site!  Dessa vez não deu para visitar, um motivo para voltar...
Instituto Oceanográfico de Mônaco
Do Instituto Oceanográfico fomos ao Castelo Grimaldi. Seguindo pela lateral do castelo pelo caminho mais lindo que já fiz, chegamos à  linda Catedral de Mônaco em estilo românico-bizantino, onde se casaram e estão sepultados Rainier III e Grace Kelly, além de todos os príncipes.  
 Vejam esse caminho que maravilha!
 Me lembra muito Salvador





E a linda catedral, onde de setembro a junho todos os domingos às 10h tem missa cantada com a participação dos "Les Petits Chanteurs de Monaco" (os pequenos cantores de Mônaco).

Em frente à catedral está o acesso ao Jardin St-Martin - o meu lugar preferido do principado ... lindo demais!  Não queria mais sair dalí... um sonho!




 Isso aqui é um paraíso...





 Encontramos uma oliveira, árvore que acompanha a história da humanidade... adoro!
Essa gaivota fez várias poses prá gente...Que graça ! 

Acho que as fotos foram muitas e o post ficou muito grande. Peço desculpas, mas não resisti. Não visitamos tudo o que tínhamos programado porque não deu tempo, por isso acho que para visitar Monaco, ao contrário do que dizem por aí, não basta um dia... ficamos um e meio e faltou muita coisa. O meu conselho seria ficar 3 dias cheios.

O que faltou ver:  Jardin Japonais - Memorial Grimaldi - Jardin Exotique - Instituto Oceanográfico (visita) - Forte Antoine (visita) - Parque Princesa Antoinette - Fontvieille Park e o Roseiral Princesa Grace - Jardim Zoologico - Coleção de veículos antigos do Príncipe Rainier III - A Igreja Saint-devote  padroeira do Principado e da família Grimaldi - Villa Sauber.. enfim, não tem jeito, tenho que voltar logo! rs rs 

Onde dormir:  A nossa dica é o apart-hotel, 3 estrelas, "Odalys - Les Hautes de la Principauté", que fica pertinho do Cassino, numa rua tranquila, cozinha equipadíssima, varanda com vista mar e staff super, super simpático. 

Onde comer:  Experimentamos dois restaurantes e com muito prazer recomendamos. Anotem aí:

- Restaurant Aurore Veja o site! - na cidade antiga. Cardápio variadíssimo, mas nós fomos de peixe e adoramos!  Staff super simpático - em torno de € 25,00/pessoa.
- Planet Sushi -  Veja o site! - No porto, quase em frente à piscina municipal. Confesso que sou meio implicante com franquias, mas a qualidade desse restô é muito boa. Tem uma promoção para duas pessoas, com entrada + prato principal (24 peças) + água mineral + sobremesa, por €. 29,50 que super recomendo. Opção delivery!

Fora isso no supermercado Casino - pertinho do Planeta Sushi tem uma grande variedade de queijos e petiscos e uma excelente adega.... uma excelente pedida se você está num apar-hotel por exemplo. 

Fotos: Buongiorno Itália! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui !