terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Festa do tartufo em San Miniato

San Miniato conquistou um lugar na rede internacional Slowcity (cidades voltadas ao respeito das tradições e excelência do território mesmo em face à modernização) -  http://www.cittaslow.org/.  O tempo por lá passa diferente. Calma é a palavra de ordem e só assim se aprecia as maravilhas que ela tem para oferecer. E foi com esse espírito que fomos conhecer a Sagra do Tartufo - (Trufas que eu vou continuar chamando aqui de tartufo, tá?)

O tartufo é um tubérculo, uma espécie de fungo que não brota, mas completa o ciclo vital debaixo da terra. Existem várias espécies: scorzone - marzuolo - invernal - nero liso - nero e branco, esses dois últimos são os mais conhecidos e o branco o mais apreciado e caro. Imaginem que pode custar mais de € 10,000 / Kg! 
O ano de 2014 foi especialmente bom para a sua colheita, por isso o preço baixou um pouco: o branco foi vendido em torno de € 3,800/kg  e o nero em torno de € 900,00/Kg. O período de colheita do "Tuber Magnatum Pico" ou tartufo branco vai de  21 de setembro à 31 de janeiro. 

Quem tem interesse em "procurar" tartufo tem que tirar uma carteirinha e pagar uma taxa anual. Além disso existem regras: é preciso respeitar o calendário de colheita referente a cada espécie e que varia de região à região. É indispensável a ajuda de um cão para farejar os tartufos, que devem ser removidos com uma pá especial de modo a deixar o terreno bem arrumado para que outro possa se formar. 

A história conta da presença do tartufo desde 1.700-1.600 a.C. Na idade média se definia o aroma do tartufo como uma espécie de "Quinta essência" que sintetiza a satisfação dos sentidos e representa  um prazer superior. E eu estou completamente de acordo com essa definição. Não dá para explicar... se me perguntam, "tem gosto de que?", respondo: de gás, mas não é simples assim! Do tartufo não se conta... se experimenta! 

Subindo a colina já avistamos o casario e a Torre de Federico II - A cidade tem uma história incrível, vou preparar um outro post contanto tudo, mas hoje vamos falar de tartufos... 

San Miniato prepara a cada final de semana dos meses de novembro e dezembro uma festa com temas diferentes. A nossa no final de semana de 15 e 16 de novembro foi "O tartufo branco de San Miniato encontra a cozinha francesa de Napoleão". Chegamos um pouco tarde e não vimos a "chegada" de Napoleão e sua tropa na cidade... que pena! Simplesmente adorooo a importância que os europeus dão à sua história e como fazem com que ela seja sempre lembrada, mesmo num evento gastronômico. Isso me apaixona!

Descemos da "navetta" que é o ônibus que dos estacionamentos leva os visitantes ao centro histórico (a organização é perfeita!!!) e já sentimos o aroma maravilhoso de tartufo. PURO DELEITE !!!  Muitos stands, degustações por toda a parte: vinho, chocolate, biscoitos, queijos, embutidos, azeites e tartufo de todas as formas: na mortadela, nos queijos, no azeite, na manteiga... fiquei impressionada com a combinação do tartufo branco com queijo gorgonzola.. e não é que deu certo???  

Resumo do dia: Concordo ainda mais com a definição acima.... o tartufo é um prazer superior ! Na cidade alguns stands com delícias de outras regiões como os doces da Sicília e as pimentas da Calábria: Fortes emoções !  Final de semana decididamente de alto nível gastronômico! Prá fechar com chave de ouro um maravilhoso risoto ao tartufo no restaurante Accademia degli Affidati - em Piazza Bonaparte, 5 - San Miniato - http://www.ristorantedegliaffidati.it/ - tel: 0571-419842, que eu super recomendo!

ATENÇÃO - ATENÇÃO- Existem duas cidades que se chamam San Miniato na Toscana - essa que visitei fica na província de Pisa, portanto no GPS San Miniato (PI) e a outra na província de Siena.




O caminho do paraíso

 O casario 

 A vista maravilhosa

 A Torre Federico II

Vista da igreja Santíssimo Crucifixo

O Seminário Episcopal e os Stands da mostra do tartufo

O rei da festa e....
 ... seus convidados: queijos

 Conservas

 mais conservas

 Doces e "Vin Santo" - Vinho doce

 As pimentas maravilhosas da Calábria - Fortes emoções - de comer chorando

 Olivas da Toscana

 A Porchetta... Carne de porco deliciosa

 Mortadela ao tartufo

 Vinhos

 Azeites 

 Quanto???

 O maior tartufo da mostra foi encontrado no dia em que estávamos lá

 Mais Olivas


pão italiano
 Pão e salame

frutas secas
 Frutas secas

brunello di montalcino
 E não podia faltar ele: O Brunello de Montalcino - melhor vinho tinto do mundo
risoto com trufas
Risoto ao tartufo....indescritível !
Fotos: Buongiorno Itália!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui !